Buscar
  • babiesodonto

Gestação e carie - Você sabia?


Uma grávida comendo doces


Durante o processo gestacional há uma mudança no corpo da mulher e alterações hormonais, assim como uma mudança nos hábitos alimentares. A maioria das grávidas passam por episódios de enjoos e náuseas que dificulta sua higiene bucal, como escovação e uso do fio dental, podendo propiciar o aparecimento de cárie.


Outro fator que devemos levar em conta é que no terceiro trimestre de gestação, o útero gravídico está muito distendido, muito grande, apertando os órgãos internos, deixando o estômago dessa grávida pequeno e assim ela precisará se alimentar mais vezes ao dia e em quantidades menores. Assim devemos lembrar que se essa alimentação for muito a base de sacarose (açúcar), de carboidratos fermentáveis e se a gestante não estiver conseguindo fazer a sua higiene bucal, pode aumentar a prevalência da cárie.


Quando falamos em doença cárie, a frequência da ingestão desses alimentos citados acima é mais importante do que a quantidade que ela come. Por isso faz-se necessário orientar as gestantes quanto a importância da sua higiene bucal e da sua dieta alimentar, conscientizando-as que, se houver um aumento no consumo de carboidratos e açúcares pode desencadear o processo carioso.

1 visualização0 comentário